top of page

JENAWAVE.COM Group

Public·15 members
Demian Suvorov
Demian Suvorov

Dieta Dos 31 Dias Livro Pdf 26



Fui mãe e como amamentei pouco tempo os quilinhos não foram todos embora... ainda cá ficaram 6kg... Por isso decidi fazer dieta, coisa que nunca tinha feito... Optei pela dieta dos 31 dias (vou fazer mais dias, pelo menos até atingir o peso desejado) pois é uma dieta que não tem muitas restrições e até agora fácil de cumprir...




dieta dos 31 dias livro pdf 26



pessoalmente não sou muito adepta dessas "dietas", porque cada pessoa te necessidades nnutricionais especificas. e podem sair prejudicas por não as estarem a satisfazer. Não há nada como ter um plano adequado a si passado por um médico especialista, acompanhado de uma vida ativa!Beijinhos e boa sorte


Não considero bem uma dieta é mais uma redução alimentar pois podes comer quase de tudo mas o principal é não comer hidratos de carbono... Até agora tem resultado comigo e não tenho passado fomeca ou qualquer alteração...


Mas bruna, os hidratos de carbono são bastante importantes para qualquer pessoa já que se transformam em energia! E além disso, duas coisas muito importantes, a primeira é que o importante não é perder peso rápido, mas sim de forma saudavel; e a 2º perder peso é relativamente simples quando nos privamos de hidratos de cabonos e outras fontes de energia, dificil é depois manter esse peso.Como disse antes, não sou nada adepta dessas pseudo-dietas, mas cada um é livre de fazer escolhas para si mesmo, por isso, se acha que esá a fazer o que é melhor, desejo-lhe que corra bem e que consiga encontrar e manter o peso que deseja!


Eu não sigo as dietas que vem no livro, maior parte também não gosto... Baseio-me nos alimentos permitidos para fazer uma refeição... também não me dá jeito fazer essas receitas porque o marido não gosta lá muito então fazer dois comeres é muito mais complicado... assim faço o jantar para os dois mas um acompanhamento diferente para mim...


eu gosto desta dieta porque é perfeita para mim, não gosto de sopa, não aprecio fruta (claro que os como mas é por obrigação) , detesto sumos, não ligo a iorgurtes .Gosto de saladas, gosto de carne, peixe, ou seja, para mim não foi difícil.o que me custou foi que praticamente o único doce permitido é a gelatina e eu não gosto de gelatina, portanto tive de me obrigar a comê-la porque de facto quando apetecia algo doce era uma boa solução.


Eu fiz a uns anos e resultou mas logo voltei ao mesmo.Eu na gravidez engordei 20kg e apos o parto perdi so cerca de 7kg.Nos primeiros meses como se fica quase sempre em casa não liguei muito o pior foi quando voltamos a rotina e aí custou ver as roupas que nao serviam .Resolvi mudar os hábitos alimentares e não fazer dietas.Li muito, e comecei a seguir a alimentação Paleo, isto é resumidamente: tirar os açúcares, hidratos, tudo o que é processado, e comer só quando temos fome e não porque está estipulado que é hora de jantar( almocar, pequeno almoco....) e quando formos comer, temos que comer bem até ficarmos satisfeitos.Eu sigo essa alimentação diariamente mas é normal que em jantares, festas e alguns fim de semana eu como as outras coisas também.Todas as semanas como doces, hidratos,processados, enunca passei fome, simplesmente não é habito comer essas coisas todos os dias como antigamente.Foi a melhor coisa que fiz para mim e para a minha família.Custar, custou nos primeiros dias por causa do pão e do açúcar que é uma droga mas depois ao final de uma semana já tinha o corpo habituado a falta do açúcar.Eu passei de um 42 para o meu 36 que sempre vesti, e voltei ao peso que tinha com os meus 19 anos.


Eu no final da gravidez tinha 75kg e agora estou com os 49/50kg , pode parecer pouco mas eu só tenho 1,55m demorei cerca de 6 meses a achegar a esse peso depois disso foi só manter, esse tempo foi só alimentação sem qualquer exercício e no início eu não fui 100% paleo fui mudando para me ir habituando a nova alimentação.Eu consegui porque entrei nesta alimentação não para emagrecer mas sim para ser saudável e dar o exemplo ao meu filho, o emagrecimento e a boa forma veio por acrescimo , acho que é por isso que tenho conseguido manter estes habitos e nunca desisti como desistia das outras chamadas dietas, porque agora sinto me saudável e bonita.


Que bom. É para isso que eu me estou a esforçar para cumprir esta dieta e não passo fome nenhuma.Até agora tem sido muito fácil.Hoje não resisti e pesei-me.2 dias de dieta e já lá vão 500g Fiquei muito feliz. 500g, sem esforço e sem fome


Olá bruna, eu como só quando tenho fome, por isso há dias que tomo o pequeno-almoço outros dias não depende da fome.Ha dias que faço 2 refeições por dia ,outros dias mais perto da menstruação como de hora em hora não podemos é passar fome e quando comemos temos que comer coisas saudáveis.


boa tardepela 1ª vez decidi postar neste fórumfui mãe há cerca de 1 ano e meio, com a gravidez engordei cerca de 30 kgs, tive uma gravidez bastante complicada, a fazer dieta chegava a engordar 3 kgs a cada 2/3 dias, a médica nunca conseguiu perceber o q se passava, simplesmente me mandava para as urgências e ngm arranjava explicaçãoantes da gravidez já tinha excesso de peso, mas estava numa fase de perda de peso, de 90 kgs, baixei para 80 , n tinha barriga, o q para uma pessoa q é gordinha, era muito bomcheguei a um ponto q preciso de mudarpreciso de perder peso, li este livro fantástico da Ágata Roquette e tenciono começar na segundapreciso de perder a volta de 35 kgs para ficar com o peso suposto para a minha altura, n posso desistir e tenho de ser fortemais alguém a passar pelo mesmo???


Ola santos.rakel existe um tópico onde várias pessoas (eu incluida) estamos a fazer e a partilhar o nosso percurso de emagrecimento com a dieta dos 31 dias, se quiseres participar serás muito bem-vinda


Quanto ao 2º livro, pelo que percebi serve para a fase da manutenção, as receitas que lá estão são aquelas que foram feitas por elementos do tópico do link que te dei que criaram este blog: Para além das receitas, pelo que percebi, resume um pouco a dieta e dá dicas para a manutenção, etc.


O que quero dizer é que, se não tens possibilidades para comprar o 2º livro agora, isso também não vai influenciar a dieta porque podes sempre seguir a dieta pelo 1º livro e que este sim é mais essencial para fazer a dita dieta. No entanto, há muitas pessoas a fazê-la sem os livros simplesmente com aquilo que lêem na net e conseguem emagrecer.


Olá meninas faço a dieta dos 31 dias desde Maio e o meu namorado perdeu já 15 kgs fazendo a dieta com muita asneira pelo meio! Coloco diariamente o que comemos numa página do facebook. Se quiserem tirar ideias a página é:


Artigo 14 - Cabe ao órgão público responsável pela prestação do serviço ou exercício do poder de polícia:I - exigir a comprovação do pagamento da taxa;II - calcular e cobrar o débito fiscal, quando verificado que o contribuinte ou responsável deixou de recolher a taxa no prazo legal, no todo ou em parte.Artigo 15 - No caso do inciso II do artigo 14 desta lei, o órgão público emitirá aviso de débito, destinado ao contribuinte ou responsável, contendo os dados necessários à exata compreensão do débito fiscal. 1º - O interessado poderá, por escrito, apresentar esclarecimentos ao órgão público responsável pela prestação do serviço ou prática do ato, no prazo previsto no aviso de débito. 2º - Após a análise, se mantida a cobrança, será o interessado cientificado pelo respectivo órgão a recolher o valor integral do débito no prazo de 30 (trinta) dias contados da data da notificação. 3º - Não havendo a apresentação de esclarecimentos ou decorrido o prazo a que se refere o 2º deste artigo sem o pagamento do débito, o órgão público informará a Secretaria da Fazenda.


Artigo 33 - A taxa de fiscalização e licenciamento de veículo, de que trata o artigo 130 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 - Código de Trânsito Brasileiro, é devida anualmente em razão do exercício do poder de polícia.Artigo 34 - Considera-se ocorrido o fato gerador da taxa:I - em se tratando de veículo usado, no dia 1º de janeiro de cada ano ou na data do registro do veículo neste Estado;II - em se tratando de veículo novo, na data da primeira aquisição pelo consumidor.Artigo 35 - É contribuinte da taxa a pessoa natural ou jurídica proprietária de veículo sujeito a licenciamento neste Estado.Artigo 36 - A taxa, cujo valor está previsto no item 11 do Capítulo IV do Anexo I desta lei, deverá ser recolhida nos prazos definidos pelo órgão de trânsito estadual e na forma estabelecida pela Secretaria da Fazenda.Artigo 37 - Fica dispensado o pagamento da taxa, a partir do exercício seguinte ao da data de ocorrência do evento, na hipótese de privação dos direitos de propriedade do veículo, na forma estabelecida pelo Poder Executivo.Parágrafo único - Restituída a posse, o proprietário do veículo deverá pagar a taxa no prazo de 30 (trinta) dias, contados da data de devolução do bem.Artigo 38 - A critério da Secretaria da Fazenda, o lançamento de ofício da taxa e das multas previstas no artigo 16 desta lei poderá ser efetuado em conjunto com o do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores - IPVA, aplicando-se ao respectivo procedimento administrativo tributário as disposições da Lei nº 13.296, de 23 de dezembro de 2008.


Artigo 47 - As disposições desta lei não se aplicam à taxa ambiental estadual prevista na Lei nº 14.626, de 29 de novembro de 2011.Artigo 48 - É facultada aos órgãos administrativos a fixação de preços públicos relativos à prestação de serviços de apoio, não relacionados ao seu objetivo essencial.Artigo 49 - Esta lei entra em vigor em 90 (noventa) dias a contar da data de sua publicação, produzindo efeitos a partir do exercício financeiro seguinte ao de sua publicação, quando ficarão revogados os dispositivos e as leis a seguir indicados:I - a Lei nº 7.645, de 23 de dezembro de 1991;II - os artigos 2º, 3º e 4º, 3º do artigo 6º e artigo 7º da Lei nº 8.145, de 18 de novembro de 1992;III - a Lei nº 8.190, de 15 de dezembro de 1992;IV - os artigos 7º, 8º, 9º, 10, 11, 12 e 13 da Lei nº 8.208, de 30 de dezembro de 1992;V - a Lei nº 9.250, de 14 de dezembro de 1995;VI - a Lei nº 9.904, de 30 de dezembro de 1997;VII - os artigos 9º, 10 e 11 da Lei nº 10.478, de 22 de dezembro de 1999;VIII - os artigos 13, 14 e 15 da Lei nº 10.670, de 24 de outubro de 2000;IX - a Lei n 10.710, de 29 de dezembro de 2000.Palácio dos Bandeirantes, 26 de dezembro de 2013.GERALDO ALCKMINAndrea Sandro CalabiSecretário da FazendaJúlio Francisco Semeghini NetoSecretário de Planejamento e Desenvolvimento RegionalMarcelo Mattos AraújoSecretário da CulturaDavid Everson UipSecretário da SaúdeFernando Grella VieiraSecretário da Segurança PúblicaEdson Aparecido dos SantosSecretário-Chefe da Casa Civil


About

Welcome to the group! You can connect with other members, ge...

Members

bottom of page